6 dicas para cuidar do seu filtro de osmose reversa

A falta do resultado desejado na qualidade da água potável obriga os consumidores a adquirirem diversos dispositivos de filtragem.

O sistema de osmose reversa se destaca em toda a variedade de dispositivos de purificação de água, sendo uma das tecnologias mais avançadas para a purificação de líquidos em casa.

Qualquer sistema requer cuidados e manutenção adequados, dependendo da sua vida útil.

Tendo comprado este equipamento, você precisa prestar atenção a várias nuances.

1 Para a purificação de água mais eficaz, recomenda-se que a instalação de osmose reversa seja combinada com um filtro principal. Este último purificará a água de impurezas mecânicas, cloro e compostos orgânicos e facilitará a operação do próprio sistema (a carga nos elementos de filtro é reduzida). Este recurso é relevante para casas particulares e chalés.

2 A substituição oportuna de cartuchos de osmose reversa de fabricantes diferentes pode ser diferente, mas se você escolher o modelo básico, antes de passar a água pela membrana, o líquido passa por vários pré-filtros (limpeza mecânica e carvão ativado).

A substituição da membrana do filtro de osmose reversa deve ser feita com pouca frequência – cerca de uma vez a cada 2-4 anos. Outros cartuchos devem ser substituídos uma vez a cada seis meses. A substituição prematura desses elementos vai piorar o funcionamento de todo o sistema e levar a uma filtragem de baixa qualidade da água que entra.

3 Pressão Para o funcionamento eficiente do equipamento é necessário manter a pressão na tubulação de 3-6 atm. Se a pressão for menor, recomenda-se colocar uma bomba, se for maior – um regulador de sangria.

4 Desinfecção do filtro Os dispositivos de purificação da água necessitam de desinfecção periódica, sendo preferível realizá-la pelo menos uma vez a cada seis meses.

5 Drenagem da água após a desinfecção Após o tratamento com cloro, é necessário drenar 2 tanques de água purificada, só então o sistema estará pronto para funcionar e a água purificada poderá ser utilizada.

6 Enxágue correto do filtro:

  • Após a retirada dos cartuchos e da membrana, é necessário colocar pastilhas à base de cloro ativado no frasco da primeira etapa da filtração.
  • Enrosque os frascos e deixe repousar 15 minutos, abra a torneira para o abastecimento de água limpa e a torneira para a água purificada e deixe passar o líquido com cheiro a cloro.
  • Após todos os processos, feche as torneiras e aguarde 2 a 3 horas pela desinfecção completa.
  • Abra as torneiras, deixe a água clorada passar, insira a membrana e os cartuchos (se não houver cheiro de cloro).

O filtro de osmose reversa purifica a água de impurezas em até 98%, tornando-a segura até para bebês.

Cumprindo todas as regras descritas de manutenção por osmose reversa, a instalação servirá por muito tempo e não há necessidade de se preocupar com a saúde de toda a família.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Post