Search

Start typing what you are looking for.

Categories

Regions

Maior turbina flutuante começa a gerar eletricidade

Na Escócia, a maior turbina flutuante para uma usina de energia das marés foi colocada em operação, enquanto em modo de teste. Como resultado dos testes, a unidade SR2000 pesando 500 toneladas, de propriedade da Scotrenewables Tidal Power, atingiu sua capacidade instalada planejada de 2 megawatts.

A turbina é uma embarcação bastante impressionante de 64 metros de comprimento com rotores subaquáticos retráteis e pás de 16 metros de diâmetro (fig.).

A turbina flutuante pode ser operada em profundidades de 25 metros e é fixada ao fundo usando vários sistemas de âncora.

Segundo o fabricante, a tecnologia utilizou “confiabilidade comprovada” nas indústrias de energia eólica e óleo e gás.

O desenvolvimento de uma versão flutuante de um gerador de energia das marés visa reduzir o custo da eletricidade gerada. Neste caso, obviamente, o caro trabalho de fundação não é necessário para instalar a turbina no fundo do mar. Ao mesmo tempo, a economia do projeto não é divulgada.

A operação comercial começará no próximo ano.

Os acionistas da Scotrenewables Tidal Power incluem a gigante francesa de petróleo e gás Total, a empresa suíça ABB, o governo escocês e outros.

A Escócia contém 25% do potencial energético do estreito europeu, estimado em aproximadamente 20 GW.

READ  O desenvolvimento de energias renováveis ​​reduz significativamente o consumo de recursos hídricos